Bolsa

Comentários sobre o Mercado

05/09/2016

  • A Boeing não tirou do Brasil o posto de mercado estratégico no mapa global da aviação, mas a presidente da empresa no país, Donna Hrinak, admite que a atual conjuntura de recessão econômica e crise política deixa sequelas que comprometem o potencial local como mercado e como plataforma para novas tecnologias e para formação de profissional.
  • O presidente Michel Temer disse a seus colegas do Brics (Rússia, Índia, China e África do Sul) que "o caminho do crescimento está sendo reconstruído no Brasil", em sua primeira participação no encontro dos líderes do grupo de países emergentes. Com o Brasil tendo o pior desempenho econômico entre os grandes emergentes nos últimos três anos, Temer afirmou aos parceiros estar seguro de que, em breve, a economia brasileira voltará a crescer para benefício também da economia mundial. Mais tarde, na cúpula do G­20, o presidente acenou com reservas internacionais elevadas, ao redor de US$ 372 bilhões, e um câmbio flutuante como espaço de manobra suficiente para o Brasil enfrentar cenários adversos de redução da liquidez internacional.
  • A inflação das famílias com renda entre um e 2,5 salários mínimos perdeu força em agosto e fechou o mês em 0,20%, apontou a Fundação Getulio Vargas (FGV). Em julho, o Índice de Preços ao Consumidor - Classe 1 (IPC-C1) tinha subido 0,34%. Desta forma, o indicador acumula alta de 5,85% no ano e de 9,29% nos últimos 12 meses.
  • Pouco mais de três anos após a promulgação da nova Lei dos Portos (12.815/2013), o governo federal está realizando um pente-fino normativo para atualizar algumas regras. O objetivo alegado é destravar os investimentos no setor. Entre as principais mudanças que poderão ser realizadas está a revogação de uma portaria que limita a 25% a expansão das áreas ocupadas por terminais de uso privado, os chamados TUPs.

Índices

Nome

Atual

%Variação

Dow Jones Industrial Average

18.491,96

0,39%

S&P 500 Index

2.179,98

0,42%

Nasdaq Composite Index

5.249,90

0,43%

Ibovespa

59.526,75

-0,15%

Índices Globais

Japão: Nikkei

17.037,63

0,66%

China: Shanghai

3.072,10

0,15%

Hong Kong: Hang Seng

23.649,55

1,65%

Alemanha: DAX

10.672,22

-0,11%

França: CAC 40

4.541,08

-1,09%

Londres: FTSE

6.879,42

-0,22%

Commodities

Petróleo Bruto WTI (NYM $/bbl)

$45,79

4,66%

Ouro ($/oz)

$1.330,70

1,03%