Bolsa

Comentários sobre o Mercado

12/02/2016

  • Os índices futuros americanos sinalizaram uma abertura em alta na sexta-feira, com as principais médias abrindo a sessão após cinco dias de queda. A alta das commodities e ações de bancos alavancou os mercados europeus, apesar de o principal índice japonês ter atingido o seu nível mais baixo em mais de um ano influenciado pela queda acentuada do pregão do dia anterior.
  • O petróleo Brent foi negociado a aproximadamente US$ 31,60 o barril na sexta-feira, registrando alta de 5,2%, enquanto o petróleo dos EUA foi negociado a US$ 27,71, com valorização de 5,7%.
  • As ações do J.P. Morgan Chase & Co. subiram antes da abertura do mercado, após o seu CEO, Jamie Dimon, ter comprado 500,000 ações do banco por US$ 26 milhões na quinta-feira. A aquisição tem como objetivo diminuir o sentimento negativo com relação às ações do banco este ano.
  • O Groupon Inc. registrou valorização de mais de 20% após ter divulgado resultados acima das expectativas após o fechamento do mercado na quinta-feira.
  • Os mercados globais viveram ontem mais um dia de pânico, registrando fortes quedas nas ações de bancos europeus, americanos e asiáticos. O Euro Stoxx Banks, índice que reflete as ações de bancos da zona do euro, recuou 6,48%, acumulando queda de 30,32% no ano. O temor é o de uma nova turbulência bancária nas economias avançadas, por razões distintas da crise de 2007/8, mas tão preocupante quanto aquela.
  • A onda de estímulos monetários que atinge o mundo, que inclui o uso de taxa de juros negativas por parte de alguns bancos centrais de mercados desenvolvidos, ainda não assegura um ambiente de alívio para o Brasil, seja pelo lado da inflação, seja pela disposição dos investidores em aplicar em ativos locais. A aversão ao risco nos mercados, em meio à preocupação com o baixo crescimento da economia global, e o cenário de deterioração dos fundamentos domésticos devem manter o dólar ainda pressionado, assim como as expectativas de inflação elevadas, sustentando os prêmios altos das taxas de juros de longo prazo.

Índices

Nome

Atual

%Variação

Dow Jones Industrial Average

15.750,00

0,88%

S&P 500 Index

1.843,25

1,03%

Nasdaq Composite Index

3.996.75

0,90%

Ibovespa

39.455,98

0,35%

Índices Globais

Japão: Nikkei

14.952,61

-4,84%

China: Shanghai

2.891,62

0,00%

Hong Kong: Hang Seng

18.319,58

-1,22%

Alemanha: DAX

8.929,59

2,02%

França: CAC 40

3.963,72

1,72%

Londres: FTSE

5.649,79

2,04%

Commodities

Petróleo Bruto WTI (NYM $/bbl)

$27,90

6,45%

Ouro ($/oz)

$1.237,40

-0,83%