Bolsa

Comentários sobre o Mercado

11/01/2016

  • O preço do petróleo caiu pela sexta sessão seguida, sendo negociado no valor mais baixo em quase 12 anos devido à desaceleração do crescimento na China.
  • Os títulos do tesouro americano caíram enquanto a renovada turbulência nos mercados de capitais chineses não conseguiu impulsionar os ativos seguros (safe haven). O dólar subiu em comparação com o euro, enquanto o iene atingiu o valor mais alto em cinco meses nas negociações na Ásia, recuando após os movimentos do Banco do Povo da China em Hong Kong nos mercados de capitais terem ajudado o yuan ganhar mais de 1%.
  • A General Motors vai a julgamento hoje em uma ação sobre seus recalls da chave de ignição em 2014 envolvendo milhões de veículos.
  • A Volkswagen vai anunciar hoje um programa expandido de compensação para os proprietários de veículos a diesel.
  • Em meio ao ambiente de fraca atividade econômica e rápida deterioração das operações das companhias, as restrições nos mercados de dívida corporativa e crédito bancário têm sido o fator determinante para levar empresas à recuperação judicial. A expectativa é que cada vez mais instituições bem administradas e com números historicamente saudáveis entrem nesse processo.
  • Se o setor imobiliário tivesse de escolher uma palavra para se lembrar de 2015, ela certamente seria "distrato" jargão usado pelas empresas, e agora também conhecido dos consumidores, para devolução de imóveis comprados na planta. Esse foi o pesadelo de incorporadoras e proprietários de imóveis novos no ano passado, quando o setor registrou recordes históricos no volume de devoluções. O levantamento recente da agência de classificação de riscos Fitch, com nove companhias, mostra que, de cada 100 imóveis vendidos, 41 foram devolvidos de janeiro a setembro de 2015. Isso significa quase R$ 5 bilhões de volta às prateleiras das grandes empresas.

Índices

Nome

Atual

%Variação

Dow Jones Industrial Average

16.325,00

0,55%

S&P 500 Index

1.923,75

0,64%

Nasdaq Composite Index

4.287,50

0,61%

Ibovespa

40.258,42

-0,87%

Índices Globais

Japão: Nikkei

17.697,96

0,00%

China: Shanghai

3.157,71

-5,31%

Hong Kong: Hang Seng

19.888,50

-2,76%

Alemanha: DAX

9.937,78

0,90%

França: CAC 40

4.369,15

0,82%

Londres: FTSE

5.928,75

0,28%

Commodities

Petróleo Bruto WTI (NYM $/bbl)

$32,76

-1,21%

Ouro ($/oz)

$1.100,20

0,21%