Bolsa

Comentários sobre o Mercado

24/11/2015

  • Um avião de guerra russo foi derrubado perto da fronteira da Síria na terça-feira depois de supostamente ter entrado no espaço aéreo Turco.
  • O presidente russo Vladimir Putin declarou que o incidente teria graves consequências para as relações de Moscou com Ancara.
  • Os grandes mercados aguardam o relatório de emprego dos EUA de novembro previsto para 4 de dezembro, após o relatório de outubro de 271.000 empregos não-rurais e uma surpreendente retomada nos salários. Esse relatório terá impacto direto sobre a decisão do Fed sobre as taxas em 16 de dezembro.
  • Após o rompimento das barragens de dejetos de mineração de ferro em suas operações em Mariana, em Minas Gerais, a Samarco teve seu rating revisado para baixo pela agência de classificação de risco Standard & Poor‘s (S&P) na segunda-¬feira à noite. Também foi revisada para baixo o rating em escala global, de BB+ para BB¬, e o rating em escala nacional, de brAA+ para brA¬, ambos também com perspectiva negativa.
  • O pecuarista José Carlos Bumlai foi preso preventivamente nesta terça-¬feira em um hotel em Brasília durante a 21ª fase da Operação Lava¬-Jato, batizada de "Passe Livre". Ele é suspeito de corrupção, lavagem de dinheiro e fraude a licitações envolvendo contrato de navio-¬sonda da Petrobras, segundo a Polícia Federal (PF). Amigo do ex¬-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Bumlai será levado ainda hoje para a carceragem da PF em Curitiba. Ele foi preso por ordem do juiz federal Sergio Moro, titular da Lava-¬Jato na primeira instância da Justiça Federal.
  • A balança comercial teve déficit de US$ 396 milhões na terceira semana de novembro, resultado de exportações de US$ 2,798 bilhões e importações de US$ 3,194 bilhões. As vendas externas caíram 27% na comparação com o acumulado até a segunda semana, enquanto as importações cresceram 0,11% no período. No acumulado de novembro, o saldo positivo é de US$ 758 milhões. No ano, o superávit chega a US$ 13,003 bilhões. A média de exportações da terceira semana chegou a US$ 559,6 milhões, 27% abaixo da média de US$ 766,4 milhões até a segunda semana, em razão da queda de 35,2% nas vendas de semimanufaturados como açúcar bruto, couro e peles, celulose e óleo de soja. As vendas de produtos básicos caíram 31,3% puxadas pelo petróleo bruto, milho em grão, carne de frango e bovina, café em grão e farelo de soja. As vendas de produtos manufaturados caíram 19,7%, em razão, principalmente, de aviões, óxidos e hidróxidos de alumínio, autopeças, motores para veículos e veículos de carga.
  • O governo brasileiro firmou ontem um acordo de cooperação e facilitação de investimentos com o Chile. Mais conhecido como ACFI, o tratado tem o objetivo de facilitar o ambiente para investimentos de empresas dos dois países. O acordo foi assinado em Santiago pelo ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Armando Monteiro. O ministro explicou que o acordo proporcionará, por exemplo, instrumentos de resolução de conflitos para as empresas chilenas que atuam por aqui. Segundo ele, o Brasil é o principal destino dos investimentos chilenos no mundo, cerca de US$ 25 bilhões.
  • O conglomerado chinês HNA Group comprou 23,7% do capital da Azul Linhas Aéreas Brasileiras por US$ 450 milhões. A companhia foi avaliada em US$ 1,8 bilhão, ou cerca de R$ 7 bilhões. A operação eleva o caixa da empresa a R$ 2,5 bilhões. Segundo o presidente da Azul, Antonoaldo Neves, o perfil da dívida poderá ser melhorado, com antecipação de compromissos mais caros. O sócio chinês também fortalece a presença da brasileira no mercado mundial de aviação. O HNA controla 14 aéreas com frota de 524 aviões. Uma de suas bandeiras, a Tianjin é a maior cliente da Embraer na Ásia, enquanto a Azul é a maior no Brasil.

Índices

Nome

Atual

%Variação

Dow Jones Industrial Average

17.656,00

-0,60%

S&P 500 Index

2.071,25

-0,62%

Nasdaq Composite Index

4.644,50

-0,67%

Ibovespa

47.640,81

-1,06%

Índices Globais

Japão: Nikkei

19.924,89

0,23%

China: Shanghai

3.786,96

0,16%

Hong Kong: Hang Seng

22.587,63

-0,35%

Alemanha: DAX

10.894,96

-1,78%

França: CAC 40

4.787,69

-2,07%

Londres: FTSE

6.236,16

-1,10%

Commodities

Petróleo Bruto WTI (NYM $/bbl)

$42,88

2,71%

Ouro ($/oz)

$1.075,90

0,85%