Bolsa

Comentários sobre o Mercado

19/11/2015

  • A Salesforce ficou US$0,02 acima das expectativas, com lucro trimestral ajustado de US$0,21 por ação e receita também ligeiramente acima das estimativa.
  • A Allergan e a Pfizer estão acelerando as negociações para uma possível fusão, enquanto o Departamento do Tesouro dos EUA está agindo para impedir negócios de inversão fiscal. Segundo a Reuters, a transação em discussão envolveria o pagamento de US$ 370 a US$ 380 por ação para a Allergan, sendo que as ações da Allergan fecharam a quarta-feira cotadas a US$ 310,80.
  • O Yahoo estaria sofrendo pressão do investidor ativista Starboard Value para interromper a cisão planejada da sua participação no Alibaba.
  • O governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), assina hoje pela manhã decreto com as linhas gerais de um plano de concessões de rodovias, aeroportos, metrô e ônibus intermunicipais no valor de R$ 13,4 bilhões. A última licitação nesses moldes no Estado foi feita em 2010 e envolveu trechos do Rodoanel. Para contornar o cenário econômico adverso, a ideia é oferecer modelos já conhecidos pelo investidor. Ainda não é possível avaliar em quanto e nem a partir de quando o pacote ajudará a engordar o caixa do Estado, mas isso deve ficar mais claro a partir dos estudos a ser apresentados pela Agência de Transporte do Estado, a Artesp, em dezembro.
  • A possível elevação das alíquotas do imposto de importação de produtos siderúrgicos levou os investidores que alugaram e venderam ações de siderúrgicas brasileiras a comprar papéis para zerar as posições vendidas, resultando em ganhos expressivos para CSN e Usiminas no pregão de ontem da BM&FBovespa. Entre as maiores altas do Ibovespa, os papéis PNA de Usiminas avançaram 14,63%, a R$ 2,82, enquanto CSN ON subiu 17,31%, a R$ 5,76. As ações PN da Gerdau tiveram ganho mais modesto, de 1,52%, negociadas a R$ 5,35, e as da Metalúrgica Gerdau perderam 1,44%, para R$ 2,06, pressionada pelo resultado abaixo do esperado na oferta restrita de ações lançada pela companhia.
  • As concessionárias de quatro rodovias leiloadas no primeiro mandato da presidente Dilma Rousseff elevaram o tom das críticas ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) pela demora na obtenção dos créditos de longo prazo para seus investimentos. As empresas têm mais de R$ 3 bilhões em empréstimos-¬ponte, de curta duração, que vencem até o primeiro trimestre de 2016 e reclamam das condições do banco para aprovar novos financiamentos.
  • O setor de telecomunicações brasileiro pode registrar pela primeira vez neste ano mais cancelamentos que adições de linhas na telefonia móvel e nenhum aumento na receita líquida das operadoras, segundo o Credit Suisse. Igor de Freitas, conselheiro da Anatel, disse que entre os motivos dessa tendência estão à popularização dos aplicativos de mensagem e a queda gradual da tarifa em ligações entre operadoras.

Índices

Nome

Atual

%Variação

Dow Jones Industrial Average

17.701,00

0,07%

S&P 500 Index

2.083,75

0,19%

Nasdaq Composite Index

4.664,50

0,26%

Ibovespa

47.777,67

0,72%

Índices Globais

Japão: Nikkei

19.859,81

1,07%

China: Shanghai

3.787,89

1,36%

Hong Kong: Hang Seng

22.500,22

1,41%

Alemanha: DAX

11.114,46

1,41%

França: CAC 40

4.935,08

0,58%

Londres: FTSE

6.340,77

0,98%

Commodities

Petróleo Bruto WTI (NYM $/bbl)

$41,46

1,74%

Ouro ($/oz)

$1.070,30

0,15%