Bolsa

Comentários sobre o Mercado

14/10/2015

  • Os índices futuros norte-americanos e as ações europeias acompanharam a queda dos mercados asiáticos após a publicação de números de inflação abaixo do esperado na China em setembro, um dia após os dados decepcionantes sobre a importação e a exportação daquele país terem tido um impacto negativo sobre ações do mundo inteiro.
  • Após o fechamento do mercado na terça-feira, a J.P. Morgan Chase & Co. divulgou aumento no lucro e queda na receita no terceiro trimestre. A Intel Corp. afirmou que seu lucro caiu 6,3% no terceiro trimestre devido à queda na demanda por computadores pessoais.
  • A presidente Dilma Rousseff comemorou as liminares do Supremo Tribunal Federal (STF) que suspenderam o rito estabelecido pelo presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMD-RJ), para a tramitação do pedido de impeachment. Por essas regras, a oposição poderia recorrer ao plenário da Casa na hipótese de Cunha arquivar o pedido. Agora, ele pode até indeferir o pedido, mas os deputados não serão acionados até uma decisão definitiva pelo Supremo. À euforia inicial da presidente seguiu-se a apreensão, quando o teor das liminares foi conhecido: a decisão não retira o poder de Eduardo Cunha de decidir monocraticamente sobre o pedido, prerrogativa constitucional do presidente da Câmara.
  • O Tribunal de Contas da União (TCU) deve liberar hoje a relicitação de 29 usinas hidrelétricas que não renovaram suas concessões. O leilão está marcado para 6 de novembro e a expectativa do governo é arrecadar R$ 17 bilhões com os bônus de assinatura dos contratos.
  • O governo federal ganhou novo fôlego para tentar barrar, na Câmara dos Deputados, o andamento de processos de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff. Três liminares do Supremo Tribunal Federal (STF) suspenderam ontem o rito definido pelo presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), para o trâmite destes procedimentos. A suspensão vale até que o plenário da Corte avalie o caso, o que deve ocorrer só em novembro. As decisões atrapalham o calendário planejado pela oposição, que pretendia instalar ainda este mês a comissão especial para dar o parecer ao pedido dos juristas Hélio Bicudo e Miguel Reale Júnior pelo afastamento de Dilma, e dão início a uma guerra nos tribunais para impedir a saída.
  • Em um duro discurso contra a oposição, a presidente Dilma Rousseff atacou nesta terça-feira como "golpismo escancarado" a tentativa de impeachment, justificou as pedaladas fiscais de seu governo, atacou os "moralistas sem moral", disse que não há ninguém com biografia limpa para atacar sua honra e afirmou que vai lutar até o fim para manter seu mandato, conquistado pelo voto popular. Ao participar da abertura do congresso da CUT, em São Paulo, em um evento que não estava previsto em sua agenda no início do dia, Dilma disse que a tentativa de tirá-la do poder não é contra ela, mas contra o projeto de poder que representa e pediu apoio dos trabalhadores e de movimentos sociais.
  • O comércio varejista do Estado de São Paulo registrou queda real de 6,3% no faturamento em julho deste ano em relação ao mesmo mês de 2014. No total, o faturamento do setor chegou a R$ 42,8 bilhões, R$ 2,8 bilhões menor do que o mesmo período do ano passado. A retração foi observada nas 16 regiões do Estado. Os dados foram divulgados pela Fecomercio SP). Na capital, a queda chegou a 3,2%, ou R$ 443,2 milhões. O total arrecadado foi R$ 13,3 bilhões. De acordo com a entidade, os altos índices de desemprego na capital e a deterioração econômica do Brasil são os maiores responsáveis pela queda em todo o Estado.
  • A balança comercial brasileira registrou superávit de US$ 1,028 bilhão na soma das duas primeiras semanas de outubro, conforme informou ontem o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. O desempenho foi resultado de exportações de US$ 5,589 bilhões e importações de US$ 4,561 bilhões no período. No ano, o superávit da balança totaliza US$ 11,276 bilhões. As exportações nas duas primeiras semanas de outubro, comparadas ao mesmo mês fechado de 2014, interromperam a tendência de queda e cresceram marginalmente (0,2%) pelo conceito de média diária.

Índices

Nome

Atual

%Variação

Dow Jones Industrial Average

16.952,00

-0,12%

S&P 500 Index

1.992,50

-0,08%

Nasdaq Composite Index

4.339,25

-0,05%

Ibovespa

47.465,88

0,22%

Índices Globais

Japão: Nikkei

17.891,00

-1,89%

China: Shanghai

3.416,90

-0,93%

Hong Kong: Hang Seng

22.439,91

-0,71%

Alemanha: DAX

9.953,38

-0,79%

França: CAC 40

4.619,68

-0,51%

Londres: FTSE

6.290,27

-0,97%

Commodities

Petróleo Bruto WTI (NYM $/bbl)

$46,16

-1,07%

Ouro ($/oz)

$1.173,60

0,70%