Bolsa

Comentários sobre o Mercado

22/09/2015

  • Os índices de futuros norte-americanos devem abrir em baixa na terça-feira, tendo em vista as quedas substanciais nos mercados europeus. Os investidores atribuem isso a preocupações globais, causadas em parte por um relatório novo do Banco de Desenvolvimento da Ásia, que reduziu a expectativa de crescimento da China.
  • As bolsas de Londres, Frankfurt e Paris caíram mais de 2%, prejudicadas pela queda nas ações da Volkswagen após o escândalo das emissões.
  • Com relação às notícias corporativas, a Microsoft lançou a versão mais recente do Office, com destaque para os recursos de colaboração.
  • A General Mills superou as estimativas em 10 centavos de dólar ao registrar lucro trimestral de US$0,79 por ação.
  • O Tesouro terá prejuízo de R$ 38,6 bilhões em 2016 com os empréstimos que fez ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e com o Programa de Sustentação do Investimento (PSI). A cifra, recorde, está nas informações complementares à proposta orçamentária, encaminhadas ao Congresso na semana passada. É superior em R$ 10 bilhões à dotação orçamentária prevista para o Bolsa Família e mais da metade do esforço fiscal (R$ 66,2 bilhões) para evitar o déficit primário nas contas da União no próximo ano. Desse valor, R$ 29,5 bilhões se referem à diferença entre o custo de captação do Tesouro, cerca de 14,25% ao ano, e a remuneração que lhe paga o BNDES, 6,5%. Esse subsídio não afeta a meta fiscal, apenas a dívida pública. Outros R$ 9,09 bilhões dizem respeito à equalização das taxas de juros pagas pelos empresários e os custos financeiros e operacionais do BNDES ¬ esta uma despesa prevista no Orçamento e que afeta a meta fiscal. O prejuízo do Tesouro com subsídios às operações do BNDES cresceu muito a partir deste ano com a alta da taxa Selic e porque o governo começou a pagar a despesa com a equalização dos juros.
  • Apesar da forte queda nos preços das ações na BM&FBovespa, os estrangeiros estão diminuindo o movimento de saída do país. Em agosto, a bolsa perdeu R$ 3,3 bilhões de capital externo, mas, em setembro, embora o fluxo tenha sido negativo até o dia 17, virou e passou a mostrar ingresso líquido de R$ 94,985 milhões. O que desestimulou a saída de recursos foi a forte desvalorização do real frente ao dólar.
  • A greve dos fiscais agropecuários federais conta com a adesão de 70% dos funcionários, conforme nota enviada pela assessoria de imprensa do Sindicato Nacional dos Fiscais Federais Agropecuários (Anffa Sindical). A greve dos fiscais agropecuários teve início na quinta-feira, após a maioria presente na assembleia da categoria rejeitar reajuste de 21,3% em quatro anos proposto pelo Ministério do Planejamento. De acordo com a Anffa Sindical, os fiscais agropecuários suspenderam 100% de suas atividades nos portos de Santos (SP), Pecém (CE), Suape (PE) e Itajaí (SC), este último importante polo exportador de carnes.
  • O sistema elétrico brasileiro pode enfrentar um esgotamento da capacidade de transmissão da região Norte para o Sudeste e o Sul em 2019, alertou o assessor da diretoria-geral do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) Marcelo Prais. Na prática, o sistema de transmissão não seria suficiente para transportar toda a energia que será gerada no Norte nesse período. "Provavelmente, não teremos condições para escoar toda a energia [do Norte] durante o período chuvoso", afirmou Prais, em conferência internacional de energia Câmara de Comércio Americana (Amcham) do Rio de Janeiro. "Se não tivermos leilões de transmissão que deem conta dessa sinalização [de necessidade de novas linhas], poderemos ter dificuldade de escoamento mais para o final do quinquênio", completou. Prais ressaltou a necessidade de investimentos robustos em transmissão de energia nos próximos anos e lembrou que leilões recentes não têm atraído o interesse dos investidores para vários lotes. Ele também defendeu a proposta que vem sido levantada pelo ONS de realização de leilões de energia por fonte e por região para minimizar o problema.

Índices

Nome

Atual

%Variação

Dow Jones Industrial Average

16.184,00

-1,65%

S&P 500 Index

1.929,75

-1,69%

Nasdaq Composite Index

4.256,00

-1,96%

Ibovespa

45.424,44

-2,50%

Índices Globais

Japão: Nikkei

18.070,21

0,00%

China: Shanghai

3.336,96

0,92%

Hong Kong: Hang Seng

21.796,58

0,18%

Alemanha: DAX

9.628,26

-3,22%

França: CAC 40

4.431,19

-3,37%

Londres: FTSE

5.960,59

-2,42%

Commodities

Petróleo Bruto WTI (NYM $/bbl)

$45,60

-2,31%

Ouro ($/oz)

$1.123,10

0,86%