Bolsa

Comentários sobre o Mercado

31/08/2015

  • Os índices futuros nos EUA indicam uma abertura em queda nesta segunda-feira, já que boa parte das bolsas europeias e asiáticas estão negociando em território negativo, devido à preocupação de que talvez a China mude a direção em seus esforços para estimular o mercado acionário.
  • A Netflix não renovou seu contrato de streaming com a Epix, rede de TV a cabo nos EUA. A empresa assinou um acordo plurianual com a concorrente de serviços Hulu que deverá vigorar a partir de 1 de outubro.
  • A FedEx deu mais um passo próximo de um acordo final com os pilotos, após o conselho executivo do sindicato aprovar um acordo temporário de trabalho.
  • Diante de reações negativas, a presidente Dilma Rousseff desistiu ontem de propor a recriação da CPMF, o chamado imposto do cheque, para cobrir um rombo de R$ 80 bilhões no Orçamento da União de 2016. A decisão foi tomada durante reunião à tarde da presidente com os ministros Aloizio Mercadante (Casa Civil) e Nelson Barbosa (Planejamento). Durante a reunião, a avaliação feita foi que a reação contrária à ideia, principalmente de aliados e empresários, foi muito forte e inviabilizou sua aprovação neste ano. Agora, o governo pretende fazer uma discussão de médio e longo prazos sobre o financiamento da saúde. Nestas discussões, a ideia de recriar a CPMF pode ser levantada novamente.
  • Senadores do PSDB, instituições que atuam no mercado de capitais, a Federação Brasileira de Bancos (Febraban) e o vice-presidente Michel Temer (PMDB) contribuíram na construção do novo texto do projeto que visa regularizar recursos enviados e mantidos ilegalmente no exterior por brasileiros. Pelo acordo, o Senado não votou a matéria em julho para que se negociasse um texto consensual, sem as brechas para a entrada de dinheiro ilegal que a oposição alegava existirem no texto original. Para aqueles que aderirem ao programa de regularização, incidirá uma multa de 17,5%, além de outros 17,5% de Imposto de Renda, somando 35% sobre o montante total a ser legalizado. A União conta com esses recursos e prevê arrecadação de R$ 11,4 bilhões. Como parte do dinheiro também abastecerá Estados e municípios, mediante a distribuição constitucional dos 17,5% de IR, os envolvidos com a proposta contam com a pressão que viria de governadores e prefeitos para garantir a aprovação da medida também na Câmara.
  • Maior fabricante de resinas das Américas, a Braskem terá hoje um dia decisivo para dois assuntos relevantes porém com impactos distintos na operação: ao mesmo tempo em que se encerra o terceiro aditivo semestral ao contrato de fornecimento de nafta firmado com a Petrobras em 2009, termina o prazo, nos Estados Unidos, para que acionistas declarem interesse em liderar a ação coletiva ("class action") ajuizada contra a petroquímica em Nova York. Até a noite de sexta-feira, as negociações entre Braskem e Petrobras ainda estavam abertas. A petroquímica informou que seguia em busca de um novo acordo de longo prazo o último contrato, que venceu em fevereiro de 2014, previa prazo de cinco anos com possibilidade de renovação por mais cinco anos. Após participar de encontro com empresários e apresentar um panorama da área energética e os investimentos previstos para o Rio Grande do Sul, na sexta-feira pela manhã, o ministro de Minas e Energia, Eduardo Braga, reuniu-se com o governador gaúcho, José Ivo Sartori, e com o secretário estadual de Energia, Lucas Redecker, quando o assunto foi tratado. Braga sinalizou que as conversas não estavam concluídas e indicou que novo aditivo, desta vez de 60 dias, poderia ser firmado, prorrogando mais uma vez o prazo de negociação.
  • Queixando-se de desgaste do PT e de falta de atendimento de suas demandas, 14 prefeitos de São Paulo já anunciaram ao partido a decisão de se desfilar do partido. Em números absolutos, a debandada representa 20% das 68 prefeituras que o PT comanda no Estado.
  • Três empresas teriam apresentado oferta para comprar os ativos da Petrobras na Argentina, segundo noticiou neste sábado o jornal argentino "Clarín". Com dificuldades de caixa, a estatal brasileira informou que pretende se desfazer de ativos no exterior e, em julho, convidou empresas argentinas a apresentarem propostas de compra.

Índices

Nome

Atual

%Variação

Dow Jones Industrial Average

16.494,00

-0,99%

S&P 500 Index

1.971,00

-0,94%

Nasdaq Composite Index

4.295,75

-0,86%

Ibovespa

45.753,95

-2,97%

Índices Globais

Japão: Nikkei

18.890,48

-1,28%

China: Shanghai

3.358,81

-0,81%

Hong Kong: Hang Seng

21.670,58

0,27%

Alemanha: DAX

10.205,04

-0,91%

França: CAC 40

4.626,24

-1,05%

Londres: FTSE

6.247,94

0,00%

Commodities

Petróleo Bruto WTI (NYM $/bbl)

$44,03

-2,63%

Ouro ($/oz)

$1.127,10

-0,61%