Bolsa

Comentários sobre o Mercado

28/08/2015

  • Na sexta-feira, os índices de futuros das bolsas dos EUA e as ações europeias caíram com o enfraquecimento do momentum de alta estimulado pelo otimismo sobre a economia dos EUA. No entanto, os dados econômicos mostraram que o consumo americano aumentou um pouco em julho, oferecendo mais uma prova da força da economia que pode manter a porta aberta para um aumento da taxa de juros pelo Federal Reserve este ano.
  • O principal indicador de inflação do Banco do Japão caiu a zero, enquanto os preços ao consumidor, excluindo alimentos frescos, permaneceram inalterados desde julho do ano passado. Esta é a terceira vez que o indicador não mostrou nenhum crescimento este ano, aumentando ainda mais a pressão sobre banco central Governor Haruhiko Kuroda enquanto o BOJ continua não atingindo sua meta de 2%.
  • A proposta do governo para a nova Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF) prevê uma arrecadação líquida de R$ 68 bilhões em 2016. A alíquota deve ser restabelecida em 0,38%, mesmo percentual que vigorava em 2007, quando não foi prorrogada pelo Congresso. O dinheiro será dividido com Estados e municípios, mas a proposta da Fazenda é que apenas R$ 8 bilhões do total arrecadado sejam transferidos para governadores e prefeitos no ano que vem. A tentativa do governo é fazer com que os governadores trabalhem a favor da medida no Congresso, resistente a qualquer tipo de elevação de tributos. Ainda não está decidido se a contribuição será integralmente destinada à Saúde. Há setores do governo que defendem "prioridade", mas que também parte da arrecadação fique diretamente nos cofres do Tesouro. Uma proposta de emenda constitucional será enviada ao Congresso até segunda feira detalhando a nova contribuição, que deve ser cobrada por 4 anos.
  • A Petrobras decidiu adiar a abertura de capital a BR Distribuidora. A avaliação é que o cenário está muito ruim e, além disso, é preciso arrumar a casa e colocar um executivo na presidência da subsidiária, no lugar de José Lima de Andrade Neto. A situação do presidente da BR não é "confortável", em referência às investigações da Lava Jato, que mostraram que a indicação dele foi do ex-ministro Edson Lobão (PMDB¬MA). A colocação do prospecto na Comissão de Valores Mobiliários (CVM) não impede o adiamento, apesar de a oferta pública inicial (IPO) agora não ter data.
  • O Banco Central (BC) fechou o primeiro semestre deste ano com um lucro de R$ 35,2 bilhões e ganhos de mais R$ 46,4 bilhões referentes à operação de equalização cambial. O resultado foi aprovado nesta quinta-feira pelo Conselho Monetário Nacional (CMN). Esse resultado positivo de R$ 81,6 bilhões será transferido para o Tesouro Nacional em dez dias úteis.
  • A americana Bunge, uma das maiores empresas de agronegócio do mundo, anunciou hoje que sua subsidiária Bunge Brasil fechou acordo para adquirir o Moinho Pacífico, um dos cinco maiores processadores de trigo do país. O valor do negócio, que depende do aval do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), não foi divulgado. Em comunicado, a empresa informou que a aquisição está em linha com sua estratégia de continuar a crescer na área de fornecimento de farinhas de trigo e pré-misturas para os mercados industrial, doméstico e de panificação.
  • O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) voltou a dizer nesta quinta-feira que a iniciativa de impeachment da presidente Dilma Rousseff pela oposição é uma tentativa de golpe. Ele também criticou a pressão pela redução no número de ministérios. Em um ato em Montes Claros, no norte de Minas Gerais, Lula falou dos que "a cada dia inventam um golpe para tirar a Dilma". E numa referência ao PSDB, disse: "Se eles estão com vontade e com pressa para chegar ao poder esperem a eleição de 2018 e saibam que vão perder a eleição de 2018 mais uma vez", afirmou Lula. "Não tentem dar golpe nesse país." As declarações marcaram o início de uma agenda de viagens nas quais Lula vai procurar reforçar o ânimo da base política e social do PT na defesa do governo da presidente Dilma Rousseff.
  • A credenciadora de cartões Cielo anunciou a ampliação de sua fatia acionária na Multidisplay, que controla a empresa de pagamentos com celular M4U. A Cielo já era controladora da Multidisplay desde 2010, quando comprou 50,1% da companhia. Agora, a Cielo passou a deter 91,44% do capital total da empresa. O valor total do investimento foi de R$ 82,7 milhões, informou a Cielo em comunicado ao mercado.
  • A Vale está dando mais um passo na estratégia de vender minas menos rentáveis de carvão na Austrália para concentrar-¬se nas atividades que desenvolve no setor em Moçambique, na África Subsaariana, onde tem condições de operar em larga escala. A mineradora brasileira e seus sócios asiáticos fecharam a venda da mina australiana de Integra Coal, no sudeste do país, para a trading Glencore e para a empresa Bloomfield Group em uma transação cujo valor não foi revelado. Em julho, a Vale já havia acertado a venda da mina de Isaac Plains, também na Austrália, para a Stanmore Coal, em uma transação de valor simbólico.

Índices

Nome

Atual

%Variação

Dow Jones Industrial Average

16.540,00

-0,66%

S&P 500 Index

1.976,25

-0,65%

Nasdaq Composite Index

4.301,25

-0,62%

Ibovespa

47.301,73

-0,87%

Índices Globais

Japão: Nikkei

19.136,32

3,03%

China: Shanghai

3.386,18

4,82%

Hong Kong: Hang Seng

21.612,39

-1,04%

Alemanha: DAX

10.255,18

-0,59%

França: CAC 40

4.652,16

-0,13%

Londres: FTSE

6.177,66

-0,23%

Commodities

Petróleo Bruto WTI (NYM $/bbl)

$41,98

-1,36%

Ouro ($/oz)

$1.127,90

0,47%