Bolsa

Comentários sobre o Mercado - 03/06/2015

  • Nos mercados europeus, as ações ficaram em alta depois que o Banco Central Europeu deixou suas principais taxas de juros inalteradas em uma posição de baixa recorde. Notícias otimistas sobre a capacidade da Grécia de pagar seus credores internacionais mais para o fim desta semana também persistiram no mercado.
  • Todos os olhares agora estão voltados para a coletiva de imprensa do BCE, marcada para começar às 8:30 (horário da costa leste), quando o Presidente do BCE Mario Draghi apresentará os dados mais recentes sobre as negociações da dívida da Grécia, bem como a visão do banco sobre a saúde econômica da zona do euro.
  • Serão divulgados na quarta-feira dados sobre o déficit na balança comercial de abril dos Estados Unidos além de um relatório para maio sobre folhas de pagamento não agrícolas, a ser divulgado na sexta-feira.
  • Indicações sobre a saúde econômica dos Estados Unidos são motivos de importância cada vez maior para os investidores que estão na expectativa de quando o Federal Reserve começará a aumentar as taxas de juros.
  • A rede Habib‘s anunciou ontem mudanças na direção. O atual fundador e presidente Alberto Saraiva, 62 anos, deixará o comando e Mauro Saraiva, primo de Alberto, e atual diretor operacional, ocupará o cargo de presidente. O criador da rede de restaurantes irá para a presidência do conselho de administração, que deve ser criado neste ano, e terá seis membros.
  • A produção industrial nacional caiu 1,2% em abril ante março e mostrou mais uma vez a dificuldade que o setor tem passado. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a indústria brasileira intensificou o ritmo de perda em 12 meses, acumulando queda de 4,8% - o pior resultado neste tipo de confronto desde dezembro de 2009, quando a perda era de 7,1%. No período, o setor automotivo teve retração de 20,2%.
  • O governo brasileiro se viu nesta terça-feira, 2, em mais um embate com o Congresso. Agora, as divergências surgiram com a proposta defendida pelos presidentes do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), e da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), de dar aos senadores o poder de sabatinar e aprovar ou rejeitar indicações para o comando de estatais como Petrobrás, Banco do Brasil e Correios. Dilma repudiou o anteprojeto apresentado na segunda pelos peemedebistas e disse que escolher os presidentes das estatais "é uma prerrogativa do Executivo". Pouco depois, ouviu de Renan que a proposta é "uma resposta do Legislativo ao desalinho das estatais, de todas, inclusive da Petrobrás". Líderes do PSDB no Senado, em compensação, consideraram a exigência de sabatina um "exagero".
  • Em um cenário de redução da demanda e aumento de custos, a crise na indústria se aprofundou e atingiu também o faturamento das fábricas, que até pouco tempo atrás se descolava da atividade. Nos 12 meses encerrados em abril deste ano, a produção da indústria de transformação recuou 6,3% e o faturamento real do setor encolheu 4,3%.

Índices

Nome

Atual

% Variação

Dow Jones Industrial Average

18.092,00

0,51%

S&P 500 Index

2.116,25

0,45%

Nasdaq Composite Index

4.535,75

0,73%

Ibovespa

54.236,43

2,27%

Índices Globais

Japão: Nikkei

20.473,51

-0,34%

China: Shanghai

5.141,18

-0,01%

Hong Kong: Hang Seng

27.657,47

0,69%

Alemanha: DAX

11.479,06

1,33%

França: CAC 40

5.076,05

1,43%

Londres: FTSE

6.968,88

0,59%

Commodities

Petróleo Bruto WTI (NYM $/bbl)

$60,35

-1,49%

Ouro ($/oz)

$1.191,20

-0,27%