Bolsa

Comentários sobre o Mercado

28/04/2015

  • Os índices de futuros das bolsas dos EUA abriram sem muita variação na terça-feira em antecipação à reunião de dois dias do Comitê Federal de Mercado Aberto (FOMC), dados do mercado imobiliário e divulgação dos resultados de muitas empresas.
  • A reunião do Fed foi realizada na terça-feira, com a divulgação da declaração de conclusão e pós-reunião agendada para quarta-feira. Uma onda de dados domésticos decepcionantes desde a reunião anterior do FOMC levou economistas a reduzir suas expectativas para a economia dos EUA em 2015. Os investidores estão aguardando qualquer comentário do Fed em busca de pistas sobre quando ele irá aumentar as taxas de juros.
  • Os dados mais importantes a serem publicados nesta terça-feira incluem os resultados da pesquisa de confiança do consumidor da Conference Board de abril, com divulgação prevista para as 10h ET. Deve registrar crescimento, consistente com o movimento positivo de consumo das famílias.
  • Bristol-Myers Squibb, Ford, Honda Motor, Merck, Pfizer, UPS, Coach, T-Mobile US, JetBlue e Oshkosh são algumas das principais empresas que divulgaram os resultados hoje antes da abertura do mercado.
  • Os resultados das empresas Twitter, Samsung Electronics, Kraft Foods, GoPro e Buffalo Wild Wings devem ser divulgados após o fechamento do mercado.
  • Na Europa, as ações ficaram em baixa na negociação da manhã de terça-feira, enquanto os investidores recuperavam fôlego após o movimento intenso da sessão anterior e aguardavam a reunião do Fed.
  • A Vale está tentando vender os ativos de carvão que possui na Austrália, segundo fontes que acompanham o mercado internacional da commodity. O negócio, porém, não é fácil no atual momento do mercado em que os preços do carvão metalúrgico, usado por siderúrgicas, vêm em queda livre nos últimos anos.
  • A Cromossomo Participações, do empresário Edson Bueno, lançou oferta pública de aquisição de ações (OPA) voluntária para retirada da controlada Dasa do Novo Mercado, nível máximo de governança da BM&FBovespa. Bueno não apresentou uma justificativa para a operação, que será analisada pelo conselho de administração.
  • Acionistas brasileiros da Petrobras poderão se unir a investidores americanos nas ações judiciais movidas nos EUA contra a estatal para ressarcimento dos prejuízos sofridos com os desvios investigados na Operação Lava-­Jato.
  • A petroquímica Braskem e a Odebrecht, que é a maior acionista individual da companhia, estão rediscutindo os planos de construção de um complexo integrado de produção de polietileno a partir de gás de xisto, o chamado Projeto Ascent, nos Estados Unidos. O objetivo do empreendimento é aproveitar a oferta de matéria­-prima barata para produção petroquímica, após a revolução do gás de xisto.
  • A balança comercial registrou superávit de US$ 58 milhões na quarta semana de abril, informou o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (Mdic). As exportações somaram US$ 3,086 bilhões e as importações, US$ 3,028 bilhões. No mês, a balança está deficitária em US$ 50 milhões e, no ano, em US$ 5,607 bilhões. A média diária de exportações nas quatro semanas de abril, comparada a abril de 2014, caiu 24,7% de US$ 986,2 milhões para US$ 742,8 milhões.
  • No primeiro debate público convocado pelo governo brasileiro para discutir o documento preliminar "Pátria Educadora: a Qualificação do Ensino Básico como Obra de Construção Nacional", a ausência do Ministério da Educação e a pouca articulação da proposta com o recém­ aprovado Plano Nacional de Educação foram pontos questionados pela grande maioria dos mais de 50 agentes da área de educação presentes ao encontro. A reunião apresentou o trabalho elaborado sob supervisão direta de Mangabeira Unger, ministro da Secretaria de Assuntos Estratégicos (SAE), que pediu a Ricardo Paes de Barros, ex-­subsecretário da SAE e atualmente no Insper, que organizasse o debate, do qual participaram educadores, pesquisadores, ONGs e ex­-executores de políticas públicas na educação.

Índices

Nome

Atual

%Variação

Dow Jones Industrial Average

17.965,00

-0,14%

S&P 500 Index

2.102,20

-0,13%

Nasdaq Composite Index

4.523,50

-0,04%

Ibovespa

55.394,99

-0,25%

Índices Globais

Japão: Nikkei

20.058,95

0,38%

China: Shanghai

4.690,63

-1,13%

Hong Kong: Hang Seng

28.442,75

0,03%

Alemanha: DAX

11.878,76

-1,33%

França: CAC 40

5.184,77

-1,60%

Londres: FTSE

7.028,02

-1,07%

Commodities

Petróleo Bruto WTI (NYM $/bbl)

US$57,07

0,14%

Ouro ($/oz)

US$1.204,10

0,07%