Bolsa

Comentários sobre o Mercado

31/3/2015

  • Os índices de futuros das bolsas dos EUA indicaram uma abertura mais em baixa na terça-feira, no último dia do primeiro trimestre, próximo ao início da divulgação de uma série de relatórios de resultados importantes.
  • Os campeões de oscilação deste trimestre foram o dólar e o petróleo. A força do dólar e a queda dos preços do petróleo afetaram os lucros das empresas no primeiro trimestre, criando uma recessão de ganhos, o que levou à primeira queda de lucros em seis anos.
  • Os índices futuros relacionados ao petróleo continuaram em queda na terça-feira, enquanto o Irã e seis potências mundiais negociavam um acordo que poderia aliviar as sanções e permitir que mais petróleo iraniano fosse comercializado nos mercados mundiais.
  • O Brent baixou cerca de US$1, para cerca de US$55 por barril, enquanto o petróleo bruto norte-americano caiu mais de 90 centavos para US$47.75 por barril pouco antes da abertura do mercado nos Estados Unidos.
  • Jeffrey Lacker, Presidente da regional de Richmond do Federal Reserve declarou na terça-feira que há uma forte probabilidade que em breve haja um aumento na taxa de fundos do Federal Reserve.
  • As ações do mercado europeu ficaram em baixa na terça-feira, devido à reação dos investidores aos recentes dados econômicos da zona do euro e registraram algum lucro após a forte recuperação no pregão anterior.
  • No Brasil, com receitas aquém do desejado e aumento de despesas, o governo central, que reúne as contas do Tesouro Nacional, Previdência Social e Banco Central (BC), registrou déficit primário de R$ 7,357 bilhões no mês passado, marcando o pior resultado para meses de fevereiro da série histórica, iniciada em 1997.
  • Empresas que fazem empréstimos on­line tornaram-se um fenômeno internacional nos últimos anos. A tendência foi coroada em dezembro, quando a maior delas, o Lending Club, fez uma oferta inicial de ações em Nova York e levantou cerca de US$ 1 bilhão. Agora, investidores começam a desbravar esse mercado no Brasil, onde a possibilidade de reduzir os juros elevados cobrados nas operações tradicionais é um enorme atrativo ­ mas a regulamentação obriga a uma adaptação no modelo. Ontem, iniciou operações a plataforma de empréstimos on­line Geru, gíria japonesa para dinheiro, do economista Sandro Reiss.

Índices

Nome

Atual

%Variação

Dow Jones Industrial Average

17.860,00

-0,51%

S&P 500 Index

2.064,80

-0,52%

Nasdaq Composite Index

4.372,50

-0,35%

Ibovespa

51.224,25

- 0,04%

Índices Globais

Japão: Nikkei

19.206,99

-1,05%

China: Shanghai

3.928,24

-1,02%

Hong Kong: Hang Seng

24.900,89

-0,04%

Alemanha: DAX

11.949,99

-1,13%

França: CAC 40

5.034,94

-0,96%

Londres: FTSE

6.785,75

-1,53%

Commodities

Petróleo Bruto WTI (NYM $/bbl)

US$47,71

-1,99%

Ouro ($/oz)

US$1.186,10

0,11%