Bolsa

Comentários sobre o Mercado

27/03/2015

  • Os índices de futuros das bolsas dos EUA indicaram estabilidade ou uma ligeira queda na abertura do mercado nesta sexta-feira, enquanto Wall Street tentava deter as perdas da semana.
  • Ainda sobre o mercado americano, as ações não registraram valorização em um único dia esta semana. Os índices futuros sofreram pouca alteração depois do anúncio de que a terceira estimativa para o PIB norte-americano do quarto trimestre ficou inalterada em 2,2%. Enquanto os lucros das empresas caíram, os gastos de consumo foram revisados para cima, subindo de 4,2% para 4,4%, o índice mais acelerado desde o primeiro trimestre de 2006.
  • A maioria dos analistas esperava um aumento do PIB de 2,2% para 2,4%. No entanto, alguns estudos mantiveram a posição de que os fracos dados econômicos dos Estados Unidos poderiam levar a uma revisão negativa.
  • Quanto às outras notícias corporativas, a Dow Chemical fará a cisão de parte de seu negócio de derivados de cloro e a fusão deste negócio com a Olin Corporation, criando uma companhia com receita anual de aproximadamente US$7 bilhões. A companhia receberá cerca de US$2 bilhões em espécie e cerca de US$2,2 bilhões em ações da Olin como parte da acordo.
  • No Brasil, o ministro da Secretaria de Aviação Civil (SAC), Eliseu Padilha, anunciou ontem que o governo concederá à iniciativa privada todos os aeroportos rentáveis da Infraero até 2018. Apenas três terminais serão excluídos da lista: Congonhas (SP), Santos Dumont (RJ) e Manaus (AM).
  • O aumento no ritmo de demissões no país no mês passado elevou a taxa de desemprego de 5,3% em janeiro para 5,9%. Além da retração expressiva da ocupação, de 0,9% sobre fevereiro de 2014, a renda aferida pela Pesquisa Mensal de Emprego (PME) também deu sinais de que a deterioração das condições do mercado de trabalho esperada para este ano pode se dar em velocidade mais rápida que o antecipado. Pela primeira vez desde outubro de 2011, a renda média real caiu em relação ao mesmo período do ano anterior ¬ 0,5% em fevereiro.
  • Investidores estão hoje sob efeito da informação de que o presidente do BNDES, Luciano Coutinho, é o novo presidente interino do conselho da Petrobras. O ex-ministro da Fazenda, Guido Mantega, renunciou ontem à presidência do conselho, como já esperado. "Se for isso mesmo, ficará a sensação de que trocaram seis por meia dúzia", comentou um analista que preferiu não se identificar. Coutinho deve ocupar o posto pelo menos até a próxima assembleia de acionistas ¬ que não tem data para acontecer. A Petrobras não deu nenhuma pista se ele ficará definitivamente no posto ou se o governo apresentará um novo nome. O atual presidente da Vale, Murilo Ferreira, vinha sendo cotado para o posto, segundo informações que circularam na imprensa nas últimas semanas.

Índices

Nome

Atual

%Variação

Dow Jones Industrial Average

17.603,00

-0,26%

S&P 500 Index

2.044,20

-0,21%

Nasdaq Composite Index

4.323,50

-0,23%

Ibovespa

4.310,75

-0,51%

Índices Globais

Japão: Nikkei

19.285,63

-0,95%

China: Shanghai

3.868,52

0,24%

Hong Kong: Hang Seng

24.486,20

-0,04%

Alemanha: DAX

11.855,83

0,10%

França: CAC 40

5.014,88

0,17%

Londres: FTSE

6.861,54

-0,49%

Commodities

Petróleo Bruto WTI (NYM $/bbl)

US$50,77

-1,28%

Ouro ($/oz)

US$1.199,70

-0,42%