Brasil

Aplicação financeira de um dia rende próximo de 90% da Selic e é acessível

13/08/2015

Mercado de operações compromissadas lastreadas em títulos dobrou nos últimos 3 anos, atinge volume médio de R$ 900 bilhões e atende companhias, público de alta renda e gestores de fundos

As operações compromissadas de liquidez diária - também conhecidas pelo termo Overnight - estão com rendimento bruto próximo de 90% da taxa de juros Selic, percentual considerado atrativo para aplicações de curto prazo.
Na prática, por causa da tributação maior sobre ganhos até 30 dias, instrumento do Overnight serve apenas para não deixar o dinheiro parado na conta corrente sem nenhum rendimento.
"Mas se considerarmos o atual patamar da Selic diária [14,15% ao ano], o Overnight está melhor que a caderneta de poupança que é tributada a partir de R$ 50 mil", comparou o economista e professor da Universidade Mackenzie, Agostinho Celso Pascalicchio.
Quanto à tributação sobre ganhos, até 180 dias (seis meses), a alíquota do Imposto de Renda (IR) é de 22,5%. Entre 181 dias e 360 dias (um ano), a alíquota do IR recua para 20%. De 361 dias a 720 dias (dois anos), a taxação do IR sobre os ganhos é de 17,5%. E para permanência na aplicação por um período acima de dois anos, a alíquota descontada dos ganhos é de 15%. "O investidor deve ficar atento as casos de cobrança do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) em aplicações de menos de 30 dias", alertou o professor.
O IOF incide sobre operações compromissadas principalmente aquelas lastreadas em títulos públicos federais, já que segundo o decreto 8.231 de 2014, há alíquota zero para operações compromissadas lastreadas em determinados títulos privados como as debêntures, certificados de recebíveis imobiliários (LCIs), letras financeiras (LFs), letras de crédito do agronegócio (LCAs) e certificados de recebíveis do agronegócio (LCAs).
Essa diferença da tributação do IOF é importante, pois grandes bancos como o Itaú e o Bradesco possuem operações compromissadas isentas da cobrança do IOF em aplicações inferiores a 30 dias.
Nos grandes bancos, as operações compromissadas são adquiridas principalmente por empresas e investidores de altíssima renda (private banking) e também por gestores de fundos de investimentos para injetar liquidez em suas carteiras de ativos.
Produtos na praça
Entre os exemplos disponíveis no mercado financeiro, no Itaú, a aplicação mínima é de R$ 1 mil. Entre as vantagens em relação a outros produtos está a liquidez e a rentabilidade diária com horários flexíveis de movimentação (24 horas).
Segundo o prospecto informativo do Itaú, o prazo mínimo de aplicação é de 6 meses e máximo de 3 anos. Quanto ao resgate, o prazo mínimo é de 2 dias úteis a partir da data de aplicação. "O valor mínimo é a partir de R$ 100 podendo sofrer pequenas variações, de acordo com as condições operacionais do dia", informa.
A rentabilidade ofertada pelo banco está relacionada ao volume global que a empresa já tem investido no Itaú em poupança, CDB, compromissada, fundos de investimento e previdência. "É uma aplicação de renda fixa, em que o banco vende um título de emissão do Grupo Itaú Unibanco e se compromete a recomprá-lo a qualquer momento por uma taxa percentual [%] do CDI acordada no momento da aplicação", diz o informativo.
Ainda de acordo com o prospecto do Itaú, a incidência do imposto de renda ocorre apenas no momento do resgate ou no vencimento da operação. "A alíquota de IOF é de 0% para resgates antes de 30 dias", afirma o prospecto do banco.
No Bradesco Empresas, a instituição também informa que não há cobrança do IOF em suas operações compromissadas. O ticket inicial no Bradesco é de R$ 1 milhão. "É um produto diferenciado, que permite à empresa diversificar seus negócios através de operação de renda fixa, de baixo risco, com lastro em títulos, em que o Bradesco assume compromisso de recompra com a mesma remuneração contratada no ato da negociação", informou o banco.
O economista do Mackenzie diz que mesmo esse ticket inicial de R$ 1 milhão é compatível com a realidade. "Nessa época de recessão na economia, o Overnight é uma vantagem para empresa que faz o gerenciamento do estoque. A empresa deixa o dinheiro aplicado enquanto não há necessidade de renovar o estoque", sugeriu Celso Pascalicchio.
Mercado aberto do BC
No segmento interfinanceiro - ou seja negociado entre instituições financeiras e o Banco Central - o volume médio diário no Overnight superou o montante de R$ 880 bilhões no último mês de julho, sendo praticamente o dobro da média mensal registrada em 2011.
O BC registrou R$ 816,13 bilhões em operações no mercado aberto em junho de 2015, que representaram 24,9% da exposição da dívida pública interna em poder dos investidores, que é R$ 3,278 trilhões.

Fonte: DCI