Mundo

Redes sociais são usadas por reguladores em investigações

15/09/2014

Os reguladores do mercado de capitais vêm usando as mídias sociais no seu dia a dia, inclusive em investigações, ainda que não tenham regras específicas para elas.

Foi a constatação de uma pesquisa da International Organization of Securities Commissions (Iosco) publicada em agosto. O estudo ouviu, ao todo, entidades reguladoras de 21 países a respeito de como empregam as redes sociais e fiscalizam seu uso por agentes do mercado.

Entre as principais descobertas está a de que os reguladores buscam obter informações gerais e identificar relações pessoais entre diferentes partes.

Outra conclusão: não existe uma tendência de regular o uso das redes pelos emissores — de modo geral, as entidades acreditam que suas regras de comunicação e disclosure dão conta do tema.

A italiana Consob é a única que exige de seus regulados o fornecimento de dados sobre o uso de redes sociais.

Autor: Bruna Maia Carrion
Fonte: Revista Capital Aberto | Edição 133 | Setembro de 2014 > Legislação e Regulamentação
Link: http://bit.ly/1uGxQrz