Mundo

Apesar da incerteza econômica contínua, as empresas empreendedoras continuam a crescer

10/04/2014

Mais da metade dos empreendedores entrevistados afirmaram ter criado empregos de período integral nos últimos seis meses, e quase três quartos esperam criar empregos de período integral nos próximos seis meses

A pesquisa, realizada pela Entrepreneurs‘ Organization (EO), divulgou as últimas descobertas do Global Entrepreneur Indicator (indicador global de empreendedorismo), uma pesquisa realizada duas vezes por ano com proprietários de empresas do mundo todo. Os resultados de mais de 5.500 empreendedores mundiais, cujas empresas contam com uma receita média anual de US$ 59,7 milhões e 232 empregados, mostraram o seguinte:

Para ver os recursos multimídia associados a este comunicado de imprensa, clique em:http://www.multivu.com/mnr/7165251-entrepreneurs-organization-global-entrepreneur-indicator-survey-results

  • 55% dos empreendedores da EO criaram empregos de período integral nos últimos seis meses.

  • Nos próximos seis meses, 67% dos empreendedores esperam criar empregos de período integral.

  • 81% dos empreendedores esperam que a margem de lucro aumente nos próximos seis meses, enquanto 84% disseram ter a intenção de criar uma nova empresa.

  • 90% dos empreendedores do sul da Ásia e Estados Unidos afirmaram que criaram empregos de período integral ou não observaram mudanças em sua mão de obra.

  • Os EUA (72%) lideram todas as projeções regionais de aumento de emprego nos próximos seis meses, seguidos pela Europa/Oriente Médio (70%), Canadá (65%), Ásia-Pacífico (62%), sul da Ásia (61%) e América Latina/Caribe (56%).

  • 61% dos proprietários de empresas do mundo todo relataram um aumento nas margens de lucro nos últimos seis meses. No mesmo período, os EUA apresentaram os lucros mais altos (63%), seguidos pela Europa/Oriente Médio (62%), América Latina/Caribe (61%) e Canadá (61%). O sul da Ásia e a região da Ásia-Pacífico estão atrás, com 57% e 56%, respectivamente.

  • A América Latina/Caribe (37%), sul da Ásia (36%) e Canadá (35%) apresentaram o maior acesso ao capital. No mundo todo, 33% dos empreendedores relataram um ambiente favorável para acessar o capital.

Para mais informações sobre o Global Entrepreneur Indicator (indicador global de empreendedorismo), acesse:www.entrepreneurindicator.com.

FONTE Entrepreneurs‘ Organization /PRNewswire